Case Could Computing: O fim da internet móvel.

Case Could Computing: O fim da internet móvel.

Nesta semana estudei muito sobre o que é Could Computing (Ou Computação em Nuvem). E li sobre várias teorias, e pensei em uma história fictícia de como seria a modernidade com o Could Computing e também quais os riscos que corremos com a modernidade.

Definição: Could Computing, na minha visão se denomina no seguinte: Computação em nuvem é tornar tudo aquilo que é possível On-line. Ou seja, os programas que instalamos em nosso computador, como pacote Office, e pacote Adobe, estariam disponíveis na internet, eu só precisaria ter um computador com acesso a internet e acessar meus programas. Isto funcionária com tudo o que é possível, como cd-rom, dvd-rom, programas, aplicativos, etc. Estaria tudo veiculado na internet.

Como isso é possível: Simples, a possibilidade consiste em uma idéia que surgiu desde os anos 2000: Um computador central, que possui uma enorme capacidade de armazenamento de dados e softwares e tudo semelhante, assim você acessaria este computador através da internet e utilizaria tudo o que quer, ou que você comprou para acessar.

Vantagens: A primeira grande vantagem seria a mobilidade que os computadores teriam: Não existiria mais CPU, muito menos dvd-rom, o computador seria mais compacto só tendo uma placa com acesso a internet.

Os programas seriam atualizados automaticamente pelo computador central.

O risco de vírus seria muito menor.

O Case:

Pensei, esta teoria de could computing seria, e pode até ser, muito possível. Mas corremos muito risco. Já chegou-se a comentar que a Google e a Apple teriam feito um acordo para chegar nesta tecnologia. Então vamos fazer um case de imaginação:

O Google e a Apple fecharam este acordo, e ficou acordado o seguinte: A Apple fabricaria computadores muito mais baratos, tendo somente o necessário para realizar a could computing.  O Google, com suas instalações nos E.U.A, iria fornecer os computadores necessários para que toda tecnologia de certo. Enfim, tudo certo e combinado para que as duas empresas dominassem o mundo tecnológico.

Anos se passam e tudo da certo, primeiramente nos E.U.A, a moda pega e todos substituem seus computadores pelos novos e portáteis Apple, empresas também aderem a nova tecnologia, otimizando seus espaços e tendo muito mais facilidade. É a nova mania nos E.U.A.

A moda pega no mundo também. No Brasil o acesso a computação fica muito mais fácil, o governo libera o acesso a internet no Brasil gratuitamente a todos, tendo só que pagar uma taxa mensal assim como a telefonia. A Banda larga é algo comum, e nosso país é o local escolhido, mais especificamente na Bahia, para que o Google instale sua supermaquina, e de acesso a nova tecnologia para todos na América do Sul.

O mundo é adepto a nova tecnologia, todos possuem seus Apples em casa e estão felizes e contentes com a nova tecnologia. Empresas contratam espaços gigantes no supercomputador do Google, e assim o mundo segue para o futuro.

Mas como sempre, nunca tudo é só calmaria.

Anos depois de a tecnologia pegar mundialmente, uma catástrofe está prestes a acontecer. É um novo vírus, e este é pior que qualquer peste que o mundo já viu. O maior problema é que o vírus esta sendo transmitido para os supercomputadores do Google, e isto está ameaçando todos os dados armazenados nestes computadores. Ou seja, o mundo está em caos.

A quem diga que pessoas já estão utilizando seus velhos HD´s para continuar trabalhando sem medo.

O vírus é simples e inteligente, ele é transmitido como se tivesse acessando o banco de dados do supercomputador, ou seja, é como se eu tivesse ativando minha conta como faço diariamente. Ele entra no supercomputador e apaga todos meus dados. A cada dia uma vítima é encontrada.

A Oceania, local onde acontece casos diariamente, é o local onde o vírus começa a atacar. Praticamente todos os dados são apagados.

Mas a solução esta por vir: A Equipe da Google entra em ação, e descobre como o vírus atua. Eles acabam de vez com vírus e o melhor, afirmam que todos os dados serão recuperados. E isto acontece. Em uma semana, o que poderia ser o fim, volta tudo ao normal.

O mundo volta ao normal e a Google e a Apple vêm com uma novidade bombástica: Agora o Iphone e o Androide (celulares das empresas) aderem a nova tecnologia Could Computing. Agora toda forma de computação tecnologia envolve a tecnologia.

As pessoas aderem a nova tecnologia com muita facilidade. Os celulares estão mais finos, mais tecnológicos e muito mais usuais. Você tira uma foto, que automaticamente armazena em seu espaço no supercomputador. A facilidade tecnológica chega a o mundo todo.

Alguns anos se passam e outro terror amedronta o mundo.

No caso da ameaça mundial com vírus, foi descoberto que um grupo terrorista, contrario a tecnologia que implatou este vírus. Mas como nada deu certo o Grupo AntiTecnology, formado por ambientalistas do mundo todo, resolveu atacar de um forma diferente.

Eles implataram um funcionário fictício nas empresas Google, para que ele descobrisse o que deu errado no vírus e como eles recuperaram os dados perdidos. Então o terrorista disfarçado descobriu o seguinte: A Google, possuía escondido em cada pólo mundial, um supercomputador de backup, ou seja, os dados eram registrados duas vezes. E pior, o terrorista também descobriu que nenhum tipo de vírus iria acabar com os supercomputadores, para acabar com a tecnologia mundial teria que ser feito algo realmente terrorista: explodir todos os supercomputadores espalhados pelo mundo.

Então a organização terrorista AntiTecnology, organizou-se e no dia 01/01/2025 eles invadiram todas as sedes do Google, rendendo os funcionários, e implatando as bombas e fizeram um anúncio mundial, em todas as TVs do mundo:

“Pessoas, animais e mundo:

Ninguém mais está preocupado com o pessoal, existem pessoas que não saem de casa para trabalhar, não vêem a natureza, não convivem com pessoas. A tecnologia enriquece o mundo de dinheiro e empobrece de alma. Você não podem achar que o computador é sue melhor amigo, seu pai é seu melhor amigo. O natal não pode ser On-line, muito menos o cinema, o teatro, o musical e etc. Você tem que dar valor a natureza, o aquecimento global destrói o mundo e você não pode ver isso da janela de seu apartamento. Você não pode se render a duas empresas que dominam o mundo e fazem muito bem o que querem. Olhe para o lado, caminhe pelas ruas, o mundo esta deserto e vocês não percebem isto. Vocês não podem achar que Jobs e Schmidt são Deuses. Ainda existe a fome, ainda existe doenças ainda existe um mundo ruim que vocês, ai na frente da tela de seus computadores não vêem.

É por isso que isto tudo irá acabar. Você, que trabalhou anos guardando dados aqui, nunca mais verá nada, nunca mais mesmo. Bancos, que enriquecem cada dia mais com seus dívidas, não terão acessos a seus dados. Governos, que arrecadam milhões com impostos, nunca mais verão a cor desse dinheiro. Corruptos, que transferem dinheiros para ilhas fiscais, acabou tudo agora.

Enfim, vivam suas vidas, curtam a natureza e viajem pelo mundo”.

Viva a vida!

E tudo se explode.

Ao contrário que o grupo achava, o mundo torna-se um caos, as pessoas sem emprego começam a roubar e matar uma as outras, o mundo fica perdido, e guerras entre países acontece.

Anos após o caos, o mundo se restabelece a aos poucos o mundo vai retornando ao normal, porém a internet agora é como antes, cada um com seu computador.

Anúncios

3 Respostas para “Case Could Computing: O fim da internet móvel.

  1. Brother, é cloud computing, mas curti o post!
    Contra essa questão de vírus e contra supremacia Google / Apple use Ubuntu Linux que já vem com a tecnologia cloud em algumas aplicações, não é tão fácil de invadir e é livre de vírus. 😀
    Tenho um adendo para o final: utilizaríamos implantes para acessar algumas informações na nuvem, assim, quando o caos se instaurasse, as pessoas virariam uma espécie de zumbi. – Pior que alguns pesquisadores já cogitam essa possibilidade dos implantes para potencializar algumas características humanas.

  2. Agora, esta questão Zumbi, que loucura cara! Vamos fazer uma nova história em quadrinhos, acho que vira hein!
    RS.
    Abraços

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s